domingo, 10 de junho de 2012

not again..

Nós aproximámo-nos outra vez, tal como da 1ª vez mas eu tenho medo.. medo de que aconteça tudo de novo, medo que este sentimento descongele e que mais uma vez eu me afunde.
Antes os nomes carinhosos não faziam mais aquele friozinho na barriga, e agora quando me apanhas desprevenida ele aparece.. e é disto que eu tenho medo, porque foi assim que começou.
Há coisas que tu dizes, com ou sem intenção mas que consegue mexer em alguma coisa lá no fundo.
E quando te perguntei se eu voltasse a gostar de ti o que fazias ou como reagias, e me disseste que ficavas contente de eu gostar de ti? Pois o problema não estava aí, mas sim eu gostar de ti, e tu dela.. e depois quem sofre? EU!
E durante este tempo aprendi a não correr atrás de ti, aprendi a não ceder como antes porque antes era SEMPRE assim, e olha aconteceu o fim.
E se não deu uma vez, porque haveria de dar outra?
NÃO quero, e NÃO vou voltar a gostar de ti!

7 comentários:

Maria João Cardoso disse...

tenho um aviso importante para todos os meus seguidores neste blog:
http://amasme-morcao.blogspot.com

inês disse...

obrigada linda!

temos que aprender a resistir, não é?:)

inês disse...

:)<3

Lia disse...

oh, como te entendo bebe. vou andando, uns dias melhor, outros pior! <3

Slizie disse...

Sinceramente, eu acho que a decisão mais correta para ti era mesmo esquecer quem te faz mal e amar quem te ama.
Vou-te ser muito realista e um bocado mau.
Mas se ele diz que se voltares a gostar dele ele simplesmente fica feliz, então ele é um inútil, porque nem por breves momentos lhe passou pela cabeça amar-te da mesma forma.
Se o voltares amar apenas vais alimentar o ego dele.

Sinceramente como amigo que já sou a algum tempo, digo-te "Não o faças, não te apaixones por quem não merece"

Alguma coisa, Slizie está sempre por perto BESTA <3

inês disse...

eheh:')

Liliana Martins disse...

força, já estive numa situação destas e sei o quanto custa *