domingo, 21 de outubro de 2012

Tudo Passa .. - Parte 52




(…)

A – NÁDIA! NÁDIA! – Acordei assustado com a Andreia a entrar no quarto de repente e quando ela nos viu apenas abriu a boca espantada.
F – Bom dia para ti também! – Olhei para o meu lado e lá estava a Nádia agarrada a mim, sorri ao vê-la tão serena ficava tão fofa a dormir.
A – Desculpa. – Voltei o meu olhar para ela – Bom dia, mas ahn.. perdi alguma coisa?
F – Não, não! Ela apenas queria que eu dormisse com ela. – Disse atrapalhado, voltei o meu olhar novamente para a Nádia e fiz-lhe uma festa na cara.
D – AMOR? ESTÁS AQ.. – mas hoje toda a gente grita?! E pronto o Duarte foi mais um que ficou espantado ao ver-nos ali na mesma cama. – Perdi alguma coisa? – Fez um sorriso malicioso.
F – Aii vocês hoje, não não perdeste nada ela apenas queria que eu dormisse com ela. – Esclareci novamente.
D – Claro e tu que recusasses um pedido da tua princesa. – Riu-se.
F – Ai mas logo de manhã e já me estão a chatear a cabeça? Fogo! – Levantei-me com cuidado de não acordar a Nádia. – Vá agora bazem que eu quero-me vestir, já vou ter com vocês.
D – Vamos já, e depois quero falar contigo mano. – Saíram do quarto e eu fui tomar banho.

Nádia a narrar

Acordei com a luz que estava no quarto, sentei-me na cama e ouvi barulho na casa de banho.. o Fábio, eu não acredito que ontem aquele “amo-te” me saiu da boca, espero que ele não tenha ouvido, porra para o álcool.
Esfreguei os olhos e levantei-me para procurar uma roupa para vestir, sentei-me na cama á espera que ele saísse da casa de banho, para minha infelicidade ele não saiu vestido e sim só com uma toalha há volta da cintura, e com outra a secar o cabelo, ok neste quarto devia ser proibido ele andar assim porque meu deus!

F – Bom dia. – Sorriu-me, ai mas que saudades que eu tinha de ver este sorriso direccionado para mim.
N – Bo..Bom dia! – Sorri tímida e depressa me encaminhei para a casa de banho, fechei a porta e pousei a roupa, olhei-me ao espelho. – Ok Nádia calma, deve estar mais que na cara que ainda gostas dele só tu é que não vês. – Sussurrei ainda encarando o espelho, e decidi ir tomar banho.

                                                      X
Encaminhei-me ao piso de baixo, e dirigi-me á cozinha onde já estavam todos a tomar o pequeno-almoço

N – Bom dia! – Cada um murmurou uma coisa diferente e que mal percebi, uns estavam com ressaca outros ainda não estavam bem acordados. Sentei-me na cadeira perto da Andreia e de frente para o Fábio que sorte a minha, comecei a comer enquanto eles falavam de vários assuntos como o que faríamos á tarde, de vez em quando trocava uns olhares com o Fábio e isto é realmente constrangedor porque não tinha a certeza se ele ouviu o que eu disse ontem há noite.
O Fábio e o Duarte levantaram-se e foram para a sala, a Andreia pediu-me que fosse ajudá-la em alguma coisa que nem prestei atenção pois ela puxou-me logo pelo braço, e quando ia saindo da cozinha acenei ao Rodrigo que ficou á mesa com a Leonor, e ele retribuiu.

Fábio a narrar

F – Ok qual é o assunto e essa pressa toda? É que ainda não entendi porra nenhuma! – Esbravejei e sentamo-nos no sofá.
D – Ontem. – Disse simplesmente, é eu sou vidente deve ser o que ele acha.
F – Mas ontem o quê?!
D – Tu e a Nádia, na mesma cama. – Ah pois, lá vem o cusco!
F – Outra vez esse assunto? Já disse que foi ela.. – Interrompeu-me.
D – Sim, sim essa parte já sei, mas aconteceu alguma coisa? Tipo ela estava bêbada né? Podia se ter passado alguma coisa!
F – Nada de mais, tirando a parte em que ela disse que me amava. – Um sorrisinho formou-se na cara dele. – Que foi agora?
D – Não estás feliz de ela ter dito isso? – Perguntou confuso.
F – Mano não é não estar feliz, mas eu nem sei se ela estava a sonhar e assim e aliás do que vale ela dizer que me ama depois do que fez? – Ele olhou-me com cara de chateado.
D – A miúda errou e ela sabe disso, mas não é por ter errado ou curtir com o Rodrigo que deixou de gostar de ti. E eu sei que também gostas bastante dela, e não quero que te arrependas se for tarde demais ok? – Fizemos o nosso toque e ele saiu da sala, deixando-me a pensar na nossa conversa.

Nádia a narrar

N – Pronto qual é a urgência? – Disse sentando-me num banco que estava na parte detrás da casa, era mais ou menos um jardim pequeno.
A – O Ryan está interessado em ti, e ele mandou-me mensagem para irmos beber café ou comer um gelado com ele. Ah e o que aconteceu ontem há noite? – Sentou-se também ao meu lado, e deu um sorriso malicioso.
N – What? Interessado em mim? Ah realmente era o que faltava! E como tens o número dele? – Disse tentando fugir ao assunto “ontem”.
A – Sim, ontem quando estavas com o Rodrigo ele apareceu lá na festa e.. bem não interessa, não pensas que foges do outro assunto! – Bolas!
N – Pronto então, mais ou menos do que me lembro foi que fiz altas figuras há frente do Fábio e depois pedi para ele dormir comigo e quando lhe desejei boa noite ainda disse que o amava, mas agora estou a entrar em colapso nervoso porque não sei se ele ouviu. - Dei um sorriso meio contido.
A – Se o disseste é porque o sentes, ele sabe que erraste e tu também sabes que erraste.. mas vocês gostam um do outro, e eu sei que ele não vai esquecer o que lhe fizeste mas vocês passaram por várias coisas e nada vos fez desistir, sei lá luta por ele! Tu sabes que ele agora anda meio que as curtes com a Leonor como tu com o Rodrigo e realmente eu ainda acho que os casais se trocaram, mas como eu estava a dizer, ele anda as curtes com ela e pode voltar a surgir o sentimento de antes e eu não quero que te arrependas de não ter feito nada enquanto pudeste!
N – Mas o problema é que eu também gosto do Rodrigo!
A – Mas não como gostas do Fábio, não te tentes iludir sobre isso. Sabes mais do que ninguém que o Fábio nunca te fez sofrer!
N – Ok obrigada pela directa! Ai a sério a minha cabeça está uma confusão, fogo! – Disse suspirando.
A – Não é na cabeça, é aqui. – Disse apontando para o lado esquerdo do meu peito.
N – Eu e o Fábio começamos a afastar-nos, também porque eu estava sempre com vocês e eu realmente não sei o que se passou! Eu acho que confundi o que sinto pelo Rodrigo!
R – E o que sentes por mim?

desculpem a demora :((
ps: sei que este está uma seca, mas o próximo espero estar melhor :)

6 comentários:

Rita disse...

ADOOOOOOREI FOFINHA :D

inês disse...

não está seca nenhuma, está lindo!

Anónimo disse...

Está lindo! Para quando o próximo?

silvia disse...

^ ainda não sei, e obrigada :)

inês disse...

acho eu!

Cátia Araújo disse...

Hey ...
querida , decidi deixar ca a minha marca, acho q devees continuar , alias, nao pares , tens muito jeito.
esta historia prendeu me desde o inicio. passo ca todos os dias para ver se ha mais alhuma coisita.
vá força, estamos todos a espera :)

e muitos parabens


(p.s. sou a amiga do slizie)
kiss*