quarta-feira, 30 de março de 2011

Vidas Cruzadas - Parte 6



Ao chegar ao bar, os amigos ficaram boquiabertos a olhar para eles.
Rita – Vocês? Passa-se aí alguma coisa?
Sofia – Não,então?
Carolina – E porque estão de mãos dadas?
Sofia olhou para Pedro e largaram as mãos.
Pedro – Nada pessoal, nem demos por isso vejam lá.
Carolina – Pois é isso é.
Sofia – Não façam já filmes.
Rita – Nada disso, mas acho que está bem há vista. Bem vamos lá aproveitar o resto da noite.
Sofia – Vamos então.
E dançaram e dançaram, Pedro e Sofia dançavam juntos e sensualmente, e os amigos sempre de olho neles, óbvio que já desconfiavam que ali havia coisa.
Pedro disse ao ouvido de Sofia.
- Eles já estão desconfiados.
E Sofia segredou.
- Não faz mal, mais tarde contamos-lhe, afinal são os nossos melhores amigos.
Pedro – Claro, olha vem comigo ali fora.
Quando estavam lá fora Pedro diz.
Olha queria te pedir uma coisa? Não sei é se vais aceitar.
Sofia – Diz.
Pedro – Gostava de passar esta noite contigo, na praia que dizes? :$
Sofia – Não estamos a dar muito nas vistas?
Pedro – E eu importado, desde que esteja contigo.
Sofia – Acho esse convite irrecusável, mas não sei Pedro. Se aceitar, de qualquer das maneiras vou ter de contar há Rita e há Carolina para elas não se preocuparem.
Pedro – Diz apenas, que não vais dormir a casa.
Sofia – Ok, e tu que vais dizer?
Pedro – Vou dizer que conheci uma rapariga e que ela me convidou para ir para casa dela.
Sofia – Mau, olha que sou bastante ciumenta.
Pedro – Oh é uma mentira, não sejas ciumenta que eu só tenho olhos para ti.
Sofia – Oh Pedro deixas-me sem jeito :$
Entretanto aparecem também os amigos.
Rita – Sofs vamos para casa, vens?
Sofia – Olhem desculpem meninas, mas eu não vou dormir hoje a casa.
Carolina – Ok, tu é que sabes Sofs. Mas amanha de manhã vai ter connosco a casa ok?
Sofia – Está prometido.
Ricardo – Então Pedro vamos?
Pedro – Ahh.. Eu..
Luís – Não digas mais nada , também não vais dormir a casa não é?
Pedro – Nepia, não vou, uma rapariga que conheci convidou-me para ir dormir a casa dela.
Ricardo – E como a conheceste se estiveste sempre connosco?
Pedro – Sabem que eu sou um ás com as babes manos.
Luís – Claroo que sabemos mano. Então até amanhã e amanha aparece lá por casa de manha também ok?
Pedro –Claro claro.
Lá se despediram, e só ficou Sofia e Pedro.
Sofia – Com que então és um ás com as babes? -.-
Pedro colocou as mãos há cintura de Sofia e disse:
- Oh bebé, tinha de os convencer.
Sofia – Pois claro.
Pedro – Oh Princesa
Sofia - Só graxa
Pedro - Pshiu e ouve,eu só te quero a ti, eu tinha dito ao Ricardo e ao Luís que queria ir com calma contigo, mas acho que não dá, os meus melhores sentimentos vieram todos ao de cima quando te conheci, mexeste comigo de uma maneira extraordi… - Neste momento Sofia beijou Pedro e não o deixou acabar.
Pedro – És Linda, sabias?
Sofia – Que exagerooo  :$
Pedro – És sim, e eu tive muita sorte em te ter conhecido.
Sofia – Oh Pedro :$
Deram um beijo apaixonado, e foram para um sitio na praia escondido, e lá passaram a noite como Pedro queria , agarradinhos um ao outro.

4 comentários:

Daniela disse...

Os meninos com o nome Pedro são mesmo queridos *-*
Gostei muito :D

* dianaa disse...

Adoro, adoroo *.*

eterna sonhadora disse...

esuqece, eu parti.me a rir xD

Jú S disse...

muito obrigada :D
agora estou com pouco tempo,mas hei-de voltar para ler a tua história *