sexta-feira, 1 de abril de 2011

Vidas Cruzadas - Parte 9



(…)
Sofia – Isso agora meninas.
Rita – Andas muito misteriosa.
Sofia – Não se preocupem que mais cedo ou mais tarde conto-vos.
As amigas foram ver televisão, e Sofia recebe uma mensagem de Pedro:
- Princesa, ainda agora sai dai e já estou cheio de saudades tuas, quero estar contigo a todos os segundos da minha vida e já agora tenho um convite para te fazer.
Sofia responde:
- Oh amor, tão querido :$
Diz-la qual é o convite então.
Pedro – As 8 consegues estar pronta para sairmos?
Sofia – Claro.
Pedro – Ok princesa, então até já.
Sofia – Até já, beijinho.
Sofia levantou-se rapidamente, foi tomar banho e arrumar-se para o seu Pedro, depois de pronta..
Carolina – Onde vais tu toda gata?
Sofia – Sair.
Rita – Agora não queres outra coisa. Mas fazes bem em aproveitar amiga.
E neste momento batem há porta, Sofia corre para o quarto porque se tinha esquecido da mala, e quem abre a porta é Rita.
- Enaa , e tu onde vais tão gato?
Pedro – Sair.
Rita – Também? E com quem?
Neste momento aparece Sofia e diz:
- Comigo! – E Sofia dá um beijo a Pedro.
- Vamos?
Pedro – Claro Princesa, até logo meninas.
Sofia – Nós depois falamos meninas, prometo.
Carolina – Ok.
Quando Rita fechou a porta, ficou com ar de surpreendida e olhou para Carolina.
Rita – Eu vi mesmo aquilo?
Carolina – Vimos sim.
Rita – Eu até que sabia que se passava alguma coisa, mas que ia tão avançado não, mas estou muito feliz por ela , ela merece :D
Carolina – Também acho.
Entretanto Sofia e Pedro estavam a caminhar e Sofia pergunta:
- Mas que convite é esse Pedro?
Pedro – Queres ir jantar comigo Princesa?
Sofia – Pagas tu? :b
Pedro – Claro, fui eu que te convidei.
Sofia – Ah, então vamos.
Pedro levou Sofia a um restaurante, e depois de jantarem..
Sofia – E agora onde vamos?
Pedro – Vamos fugir?
Sofia – Fugir?
Pedro – Sim fugir, para bem longe.
Sofia – E porque? Deixaste-me confusa.
Pedro – Princesa, eu quero fugir contigo, para um sitio bem longe onde fiquemos só tu e eu, sem mais ninguém.
Sofia – Oh , tão fofinho :$ Mas depois ainda pensavam que me tinhas raptado.
Pedro – Ah nada disso, ias de vontade própria, não ias?
Sofia – Claro que sim, mas vamos para onde afinal tonto?
Pedro – Minha casa.
Sofia – E o Ricardo e o Luís não estão lá?
Pedro – A estas horas duvido, devem ter saído com a Rita e com a Carolina. Queres ir?
Sofia – Oh Pedro, não sei se me vou sentir muito bem lá.
Pedro – Vais sim Princesa. Vamos?
Sofia – Vamos então.
Ao chegarem a casa, Pedro levou Sofia para o quarto dele e ela começou a explorar o quarto.
Sofia – Tens aqui coisas tão giras ^^
Pedro – Obrigada Princesa.
Pedro estava atraído por Sofia mais do que nunca, tinha-a ali só para ele sem mais ninguém, apenas eles. Pedro foi devagarinho por trás de Sofia, agarrou-a na cintura e virou-a para ele.
- Cada vez me sinto mais atraído por ti, tu és linda e deixas-me louco.
Sofia – Que exagero Pedro.
Pedro – Não é exagero não. Quero-te mais que tudo.
Pedro começa por beijar Sofia, e logo depois caiem na cama dele. Pareciam que queriam dar um passo bem grande no que se podia chamar de relação, mas..
Sofia – Pedro?
Pedro – Sim,Princesa?
Sofia – Acho que ainda é muito cedo.
Pedro – Eu entendo Princesa, não te preocupes.
Sofia – Ok,obrigada.
Pedro – Vamos apenas ficar aqui, eu meto uma música e ficas ao pé de mim.
Sofia – Ok :)
Pedro meteu música e deitou-se ao pé de Sofia, ali ficaram, Sofia deitou a sua cabeça no peito de Pedro e conseguia ouvir o seu coração acelerado.
Sofia – Que se passa com o teu coraçãozinho?
Pedro – Fica acelerado quando estou perto de ti, como se quisesse sair para fora do peito.
E ali ficaram, até que os amigos chegaram a casa e chamaram por Pedro e nada, foram ao quarto dele e depararam-se com aquilo.
(…)


5 comentários:

Daniela disse...

Está lindo :D

* dianaa disse...

De nada *

PauloSilva disse...

Que coisa?

sofia brás disse...

li a história toda agora, continua que está linda linda *.*

PauloSilva disse...

Se criares outro blogue também a ti te aparecerá *